Escolha uma Página

O sentido retrógrado do movimento combinado com a estabilidade da órbita pela idade do Sistema Solar legitimam a interpretação de que o (514107) 2015 BZ509 seja um objeto de origem extrassolar, capturado pelo campo gravitacional de Júpiter no final da época de formação dos planetas. Um estudo baseado em robusta simulação computacional corroborou agora essa hipótese. Artigo a respeito foi publicado no Monthly Notices of the Royal Astronomical Society: Letters.

 

Leia mais em: http://www.jb.com.br/ciencia-e-tecnologia/noticias/2018/05/22/asteroide-extrassolar-orbita-o-sol-ha-45-bilhoes-de-anos/