Escolha uma Página

A professora da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal Fluminense, Yanina Calvette, desenvolveu um isotônico à base de água de coco. A patente está relacionada ao desenvolvimento de um processo da área tecnológica alternativa para processamento de alimentos.

Na criação do produto foi empregado o procedimento de “alta pressão hidrostática”, que usa elevados valores de pressão sem o uso do calor. O desenvolvimento da pesquisa contou com estudos nas áreas de bioquímica e tecnologia. A patente também abrange derivados da água de coco, que podem utilizá-la como base na produção de sucos de outros sabores, enriquecidos com as qualidades do produto.

Yanina, que coordena o curso de especialização em Tecnologia Farmacêutica da UFF, destacou as propriedades naturais e a facilidade de acesso à água de coco no Brasil. “A bebida é reconhecidamente um excelente repositor de eletrólitos, e, por isso, pode ser chamada também de isotônico. É natural e está facilmente ao alcance quando falamos de países tropicais”, explica.

A professora ressaltou também que o seu processamento por alta pressão busca manter suas propriedades naturais e que o produto pode ser usado tanto na área esportiva, quanto para hidratar o organismo no dia a dia.

Fonte:UFF Notícias